12 de jun de 2012

Qual rumo tomar?

|
Profissões do futuro e profissões que desaparecerão:

As bases das profissões do futuro serão a tecnologia e o meio ambiente. Estas irão se expandir, trazendo diversos ramos e proporcionando muitos empregos. A área ambiental será muito requisitada, pelo fato das pessoas estarem preocupadas com a falta de recursos naturais, com o aquecimento global e com os desmatamentos. 
Alguns exemplos de trabalhos nessa área são: agroecologia, empregos envolvendo lixo como lixólogo e economia agroindustrial. Os empregos também serão voltados para a tecnologia, pois a cada ano ela vai crescendo em vários campos. Alguns empregos nesta área são: web designer, os químicos e engenharia de produção.
Com o crescimento da tecnologia, as máquinas estão no controle e assim estamos começando a perder as profissões onde é utilizado o trabalho manual: empregos como construtores, pintores de estabelecimentos, ferreiros, entre outros.


Vimos que algumas das profissões que correm o risco de desaparecer são a de motorista e a de lavrador. Em um episódio de Engenharia Extrema, no canal Discovery Channel, podemos ver uma matéria sobre carros autônomos.
O vídeo está dividido em quatro partes:


Hoje em dia, temos profissões de coisas que nem imaginaríamos. Carreiras na internet. Mas como assim? É simples. Agora, podemos criar sites instrutivos, de trabalho, e ganhar por isso. Como exemplo temos o KhanAcademy, um site que nos ensina tudo o que queremos saber através de vídeos, desde matemática básica à átomos e elétrons. Mas este site é americano. Entretanto, devido à tecnologia e ao avanço da internet, conseguiram traduzir todos os mesmos vídeos para o português.

Estes são os links dos dois sites:

Universidade ou curso técnico?

Universidades:


Os cursos de graduação em universidades duram, normalmente, quatro anos. Enquanto que os cursos técnicos são em torno de três anos. Como consequência, as pessoas que cursaram a universidade têm tendências a terem salário maior, tendo em vista que a matéria nas universidades é mais intensa, aprofundando mais os conhecimentos do aluno. Como podemos ver em um estudo divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), quem termina o estudo superior (universidade) pode ganhar até 50% a mais do que as pessoas que terminam o ensino médio.

As 10 melhores universidades do Brasil:
  1. UNIFESP - Baixada Santista, Diadema, Guarulhos, São José dos Campos e São Paulo, SP
  2. USP - São Paulo (mais 6 cidades de SP)
  3. UNICAMP - Campinas e Piracicaba, SP
  4. UFRGS - Porto Alegre, RS
  5. UMB - Brasília, DF
  6. UFSCAR - São Carlos, Araras e Sorocaba, SP
  7. UFSC - Florianópolis, SC
  8. UNESP - Franca (mais 23 cidades de SP)
  9. USFLA - Lavras, MG
  10. PUC-Rio - Rio de Janeiro, RJ


Cursos técnicos:


Assim que terminam este curso, 95% dos estudantes garantem uma oportunidade de emprego.
Esta área é muito requisitada, pois o curso acontece em um curto período de tempo gera uma ótima formação acadêmica para o aluno. Além disso, também possibilita a rápida entrada no mercado de trabalho e, por falta de profissionais, obtém uma grande empregabilidade, permitindo a escolha da área que mais o agrada.
Nosso país apresenta 12 ramos (grandes áreas) e 185 cursos técnicos. Temos três jeitos de cursá-los: integrado, concomitante e subsequente (ou pós-médio).
O integrado é um método em que os conteúdos do ensino médio e as do técnico sãoestudados na mesma época e no mesmo departamento.
Diferentedo Integrado, no concomitante os alunos aprendem as coisas do ensino médio e asdo técnico em diferentes tempos. Este tipo de curso não é feito em escolas federais, apenas em estaduais ou particulares.
Já o subsequente acontece após o ensino médio, aprendendo apenas matérias técnicas e durando apenas dois anos.



ENTREVISTA:


              Nós, as hiperativas, entrevistamos algumas pessoas para sabermos quais são as opiniões delas sobre este assunto:







Existe um caminho mais promissor?


Tanto os cursos técnicos, quanto as universidades possuem vantagens e desvantagens,depende do objetivo de cada pessoa.
O curso técnico tem a vantagem de ser mais prático e de curta duração. Ele ajuda o aluno a entrar no mercado de trabalho o mais rápido possível. E quando o aluno está indeciso sobre o que deseja fazer (se quer ou não fazer a universidade,que rumo deseja tomar), estes cursos podem indicar um caminho a seguir.
Já a universidade é diferente do curso técnico, pois só pode ser cursada após finalizar o segundo grau. Ela possui uma duração maior e aborda um conteúdo mais amplo. Sem contar que ela oferece muitas oportunidades, como uma possível pós-graduação.
O salário de quem fez a faculdade é, normalmente, maior do que o de quem fez o curso técnico ou o ensino médio tradicional. Mas o universitário levará mais tempo para se inserir no mercado de trabalho.
Na nossa opinião, o caminho mais promissor é cursar os dois: o curso técnico e a universidade. Comisso, obteríamos um conhecimento mais amplo do assunto que estudaríamos,teríamos mais chances de conseguir boas oportunidades de empregos e maior facilidade para entrar no mercado de trabalho.

Nossa opinião sobre o assunto:

          Nós notamos que, com este rápido avanço da tecnologia, muitos novos empregos foram surgindo e, com estes, muitos outros foram desaparecendo.
             Pense bem, não faz tanto tempo que o computador foi inventado, e mesmo assim, hoje já existem diversas profissões (algumas muito lucrativas) envolvendo este! Ou também a televisão... Existem milhares de trabalhos ligados a esta. Ela foi inventada a tão pouco tempo que ficamos impressionados por podermos ver o que está acontecendo naquele mesmo instante do outro lado do mundo.
Podemos perceber que vale fazer a universidade sempre, ou melhor, fazer os dois, curso técnico e universidade! O curso técnico permite a você estudar a área que mais gosta de fazer, dando inúmeras possibilidades e no fim, vai ser mais fácil você entrar no mercado de trabalho. Se você fizer a universidade além do curso técnico, terá praticamente uma vaga garantida no mercado de trabalho, e bem rapidamente, afinal, você terá habilidades. Além disso se encaixará em vários empregos.
Os empregos no futuro serão, praticamente, voltados à tecnologia e ao meio ambiente, então, tente garantir desde já, um aprendizado nessas áreas, pois com certeza renderão bastante!










Um comentário:

  1. Gostei do blog e do conteúdo! Os cursos técnicos estão em alta em um período que a economia brasileira está crescendo de modo tão acelerado. Precisamos de técnicos qualificados para fazer esta roda andar.

    ResponderExcluir